terça-feira, 28 de dezembro de 2010

O sábio do céu - 137



Toninho Camargos, meu cunhado, é músico velho de guerra.  Acho que foi com seu talento como compositor de samba que ele seduziu Regina, minha irmã.  Com isto, já faz um bom tempo que os dois estão caminhando juntos.

Gosta tanto de música que colocou uma pesquisa profunda que ele fez sobre Noel Rosa em um blog fantástico, lançado em homenagem ao centenário: http://noelrosacentenario.wordpress.com/ Diz ele, no título, que o blog é “uma reverência ao jovem e eterno compositor carioca, figura emblemática do samba e da música brasileira”.

Como todo bom músico, Toninho é rigoroso ao extremo.  Principalmente com ele mesmo.  Tanto que, no dia 12 de outubro do ano passado ele escreveu esta música pro Valente.  Ficou olhando, em dúvida, e acabou me encaminhando a letra, perto do meu aniversário.  Linda, gravada pelo Cadinho Faria, parceiro dele de longa data.  Mas claro, recusei. 
Queria com Toninho fazendo o vocal também.

Apesar de ter um estúdio em casa, ele fugia de mim de toda maneira.  Inventava desculpa, dizia que tinha ficado rouco, escorregava que nem quiabo.  Cada dia era uma desculpa...

Este ano ele saiu comigo de amigo oculto.  E tem tempo que, no amigo oculto, eu prefiro ganhar algo feito por quem me tirar.  Qualquer coisa, desde que feita pela pessoa.  Pode ser poema escrito, desenho, pintura, um bolo...  Qualquer coisa, desde que não seja comprada.

Sem querer, foi o mote.

A única coisa que Toninho acha que sabe fazer é música.  Resultado:  teve que enfrentar a trava e concluir o projeto.  Colocou a voz e me deu o cd com a música que ele havia feito pro Valente de Natal. 

Fui pro meu quarto, ouvir escondido, chorando...


Enquanto eu estou apanhando pra postar aqui, você pode este vídeo no http://www.facebook.com/#!/video/video.php?v=181288631893915&comments

 


Em tempo:  de faixa bônus, ganhei “Violão Barroco”, dele e do Jorginho Fernando, linda também.

6 comentários:

Regina disse...

Num falei procê que músico também era esquisito? Levou um tempinho, mas a gravação acabou saindo, né? Eu tava doida pra ele gravar. Devo confessar que acabei dando uma ajeitadinha no amigo oculto. Mas valeu a pena

Eu também choro, a mais de um ano, quando escuto esta música. É linda, com força. Quando a inspiração baixa este Neguinho capricha mesmo. Mas tem horas que ele dá umas de PC que não é mole....

A sua capacidade de superação inspira a nós todos. Uns conseguem até transformá-la em samba. Continue assim. Nós precisamos disso...
Felicidades e muita saúde em 2011,2012,2013 e por aí vai...

Beijão

Regi

Regina disse...

Só que o cara é Camargos. Não tem nada a ver com os filhos de Francisco. E estes por sua vez estão longe de ter a mesma competência musical...

PC disse...

Beijo pra nós todos, Régi.
Estou com problemas pra anexar a música. E saindo pro Meu Sítio.
Depois me ensina como anexar só a música, sem vídeo.

PC disse...

Eu olhei no cd e errei.
Já corrigi. Falha nossa.

maria antonia disse...

Paulinho, se vira nos 30. Quero ver esta letra, ouvir a música. Repetição dizer que 'você merece' este e outros mimos da vida.
Amigo-sol do MX é só brilho mesmo! E eu desejo que este brilho continue nos estimulando a encontrar saídas e a permanecer no melhor sorriso, como você faz.
Vai abraço procê, pro Tomás, pra tchurma de casa e pra sua família toda: blogueiros,nefrowalkers,amigaços, etc,etc.
Felicidade, Paulinho.
bj Toninha

PC disse...

Tõ apanhando, Toninha.
Entrei no soundclouds e, se conseguir, coloco.