quarta-feira, 3 de março de 2010

Tempo Integral - 49



Ciça apresentou a dissertação de mestrado dela no Museu Nacional, no Rio, mais ou menos em abril de 2009. E veio pra Belo Horizonte, casinha do papai e da mamãe, pra organizar a vida, que, por dois anos, foi um stress só.
Era só preparar seminário, preparar texto, preparar o diabo, estas coisas normais mas enlouquecedoras de mestrado.

No frigir dos ovos, foi a primeira pessoa no mundo a descrever o ciclo reprodutivo da Phyllogorgia Dilatata. Se você não souber o que é isto, te digo, de antemão, que é um recife de coral, das Gorgônias.
Tudo bem? Melhor estar, porque mais que isto, não conte comigo.

Pouco depois dela ter chegado aqui em BH, apareceu minha doença. E quando eu voltei do hospital, Ciça foi a maior mão na roda, enquanto nós dois decidíamos, cada um a sua maneira, de que forma ia conduzir a vida.
Mão na roda pra mim e pra Gêisa.

Levava no médico, ajudava Diogo a olhar documentação no INSS, cuidava da casa quando Gêisa não podia, me buscava na hemodiálise, levava pra fazer exame de sangue, levava no banco,... Um desvelo incomparável.

Eu, igual um marajá, devia ser o único doente do mundo que tinha uma acompanhante com mestrado em biologia marinha.

Um dia, emocionado com o cuidado que ela me dispensava, fiquei deslumbrado, olhando o perfil lindo dela.
E, antes que ela se desse conta, falei:
- Filha, eu te agradeço por este apoio grande que você tem me dado e por esta dedicação que você está me dispensando desde que voltou.

Ciça nem tremeu. Continuou a dirigir e sem mesmo olhar pra mim, completou:
- Pai, foi até bom você ter tocado neste assunto. Você não acha que está na hora de assinar minha carteira?

E colocou o riso mais lindo do mundo na cara, enquanto eu ficava com os olhos cheios dágua, emocionado.

8 comentários:

Lucia disse...

Que coisa mais linda do mundo!!! É nisso que dá misturar PC e Gêisa. Coisa mais linda essa Ciça, essa Elisa e esse Diogo!!! Fico imaginando o tanto que eles não devem ficar maquinando coisas para te paparicar..muito lindo. Beijos em todos. Um especial prá vc.

Digo disse...

Ciça mata a pau! E olha que a monografia dela foi sobre cocô... Quanta ironia!

PC disse...

Lúcia, eles vivem pra sabotar as manipulações que eu empreendo pra fazer Gêisa cuidar de mim.
Eles não me dão um minuto de sossego...

PC disse...

Digo, mais respeito.
Um, que monografia é pra graduação.
E outro, que no caso da Ciça o objeto é "evidências indiretas de mamíferos de pequeno e médio porte".
Cocô. Humm!
Três: estes meus filhos matam a pau mesmo. E me matam!!!

Flavia disse...

acho que este lado da Ciça é herança de pia batismal.... mas e finalmente assinou ou não a carteira dela? Bjs

PC disse...

Pelo amor de Deus, Flávia, esquece este assunto.
Eu não ia ter dinheiro na vida, pra pagar o que esta menina merece.
Tomara que ela não leia isto...

Adriana disse...

Achei bem justa essa homenagem à Ciça!

Beijos

PC disse...

êta menina bonitinha com força, esta Ciça.
Aliás, você também, Adriana