terça-feira, 22 de junho de 2010

De lá pra cá... - 86


Eu saí do hospital no dia 15 de setembro.  Lembro direitinho, meio chapado ainda com a anestesia, de ter ouvido uma conversa de alguém com Diogo sobre acompanhar de perto uns pontinhos de câncer que ainda estavam no meu rim.  Que eu precisava ficar de olho, pra ver como a coisa evoluiria.
Na hora, claro, fingi de morto, doido pra não ter ouvido.

Dali, fui pra primeira consulta pós-operatória com Leco, meu personal oncologist, no dia 18 de setembro.  E de lá pra cá, depois de uma boa bateria de ressonâncias, ultrassons e mais um tanto de exame, tenho visto o Leco pelo menos uma vez por mês.
Este tempo todo não apareceu nenhum vestígio do tumor.

Pão, pão, queijo, queijo, não quer dizer nada.  Que nem não apareceu, a coisa pode voltar e me deixar arrancando cabelo, de novo.  Mas esta chance, como dizem o autor do Anticâncer, David Servan-Schreiber, e o Willian Li, no TED,  na Edição Extraordinária 16, nós todos temos um câncer crescendo dentro da gente.  O que parece ser minha vantagem é que agora eu vou ficar escaneando meu corpo a vida toda. Convém nós todos acompanharmos nós todos de perto.

Lina, amor da minha juventude, filha da Dona Branca e prima da Bonequinha de Porcelana, me aplicou num livro chamado Nutrição Cerebral, organizado pela Lúcia Seixas e publicado pela Objetiva.  O livro fala sobre como os smart nutrients interferem no cérebreo e combatem o processo de envelhecimento.
Estou adorando...

Valente mantem-se atento, distribuindo porrada quando necessário.  Meu emagrecimento resultou numa surpreendente normalização da pressão e da glicose.  Acho que boa parte destes quilos que perdi foi só água que eu carregava a mais no corpo.
Com isto, claro, imagino que eu precise eliminar bem menos xixi do que logo depois da cirurgia.  A quantidade agora estabilizou em 600, 700 mililitros diários

Mas, Jesus, o xixi continua fedorento que só ele.  O que pra mim é um excelente sinal de que o Valente continua fazendo um bom trabalho.

Sorte minha.

Como diz o Zéalencar, vai ser tudo como Deus quiser...



12 comentários:

Adriana disse...

Amém!

PC disse...

amém com força, Adríola.

Lucia disse...

Que beleza! Deus conserve e abençõe o corpinho, a alma, o xixi, os nutrientes e todos que perâmbulam por aí.bjs bjs

lina disse...

Viva!!!!!!

PC disse...

Fico no maior orgulho, Lúcia, quando vejo o corpinho e o xixi.
Beijos

PC disse...

Viva, Lina.
Tenho aplicado seu livro em meio mundo.
Beijos

Bonequinha de Porcelana disse...

Viva também!

PC disse...

Esta família é uma lindura...

Beijos

Renata Feldman disse...

Salve salve, PC! Viva a valentia do Valente!
Beijão procê

PC disse...

Beijo.
Tomás permanece de stanby.
Vai que a Bella acha ele gato...

redatozim disse...

Ele há que querer o melhor, PC.

PC disse...

Ele tem querido, Maurilo.

ps: continuo impressionado. Efetivamente, aquela deve ser a única explicação.
Não é gente boa, se veste desleixadamente,...
Quer dizer...