sábado, 10 de dezembro de 2011

Edição Extra 108 - Campeonato Mundial de Papai Noel


 
Ando ligando muito pra dinheiro não.  Esta semana, contratei meu filho suíço como correspondente dest’A Saga e mandei Bernardo cobrir o movimento na Europa de preparação pro Natal.  Olha o relato dele:
               
Morro de inveja das pessoas que são mais criativas do que eu. Eu queria poder descobrir todas as inutilidades que existem pelo mundo. Outro dia, conversando com um amigo do trabalho (o mesmo que indicou o Movember para A Saga), ele me falou que estava indo para o "11th ClauWau Santa Claus World Championship" ou simplesmente: 11° Campeonato Mundial de Papai Noel. Todo ano, numa cidadezinha na Suíça chamada Samnaun, perto da fronteira com a Áustria, acontece essa competição que abre oficialmente a temporada de Natal.
                            
Tudo começou quando ele e mais um grupo de amigos se interessaram em ver a competição e ligaram para saber maiores informações. No telefone, eles já perceberam o alto nível do evento.  A mulher do outro lado já perguntou de cara se eles não queriam em participar. Como um bom bando de vagabundos, aceitaram na hora! A única regra é ter que usar uma roupa de Papai Noel.

                         
A competição se divide em várias provas (10 ao total), que todo bom Papai Noel deve dominar: como conhecimentos geográficos para achar as crianças no mundo, escalada de chaminé, fazer um boneco de neve e guiar um trenó!


Conversando com esse meu amigo, ele ficou impressionado com o profissionalismo. Ao total foram quase 30 equipes do mundo todo. E tem equipes que competem todos os anos!
                     
Para começar, esse ano, não tem neve! Bom, ela está chegando agora... Mas isso dificultou bem uma competição onde o bom velhinho se dá melhor: na neve. A primeira prova é quase uma maratona. A famosa Santa's Zipfy Bob Race é o equivalente ao nosso descida de barranco com papelão! Quem nunca desceu um barranco de grama com um papelão na bunda,não sabe o que é adrenalina... Nesse caso, você tem um disco e tem que descer o barranco de neve... A dificuldade maior esta em subir correndo para  que o outro integrante da equipe possa descer.
                      
Depois de tanta adrenalina (mentira... falta de ar mesmo, porque correr no frio é uma tarefa quase impossível), fizeram a prova mais importante : Santa Parade. Um desfilinho ridículo pela cidade, onde a desenvoltura e malemolência da equipe são avaliadas. O importante é que a fantasia de Papai Noel tem que se manter impecável, após a primeira prova. No caso deles, a pizza já estava reinando.
     
                      
Continuando em um clima mais intelectual (porque para um bom Papai Noel, não basta apenas um corpinho bonito), eles fizeram as provas de Santa's Journey, Creativ Santa, Santa's Snow Sculpture. Resumidamente, identificar monumentos famosos pelo mundo, decorar um biscoito e fazer um boneco de neve. Como esse ano não tinha muita neve, o improviso foi fazer mesmo uma pintura de um boneco de neve...



As provas finais são as que exigem mais treinamento. Claro que para um bando de amadores, o resultado foi um tanto quanto ridículo! Além do mais, depois de um longo dia de competição e algumas cervejas, o resultado não era o mais importante. Santa's Sleigh Race nada mais é do que uma corrida de trenó. Cada equipe tem que guiar um cavalo através de um percurso e entregar presentes. Santa's Chimney Climb, como o próprio nome já diz, o Papai Noel tem que escalar uma chaminé. Santa Clauben toda a equipe tem que entrar dentro de um chapéu gigante de Papai Noel, onde só um integrante consegue ver o caminho. Todos tem que achar e coletar os presentes espalhados no trajeto.
                  
A grande emoção da competição fica para a prova Steinbock Sprint. Nada mais, nada menos que uma corrida de cavalo de madeira! Segundo meu amigo,a prova mais ridícula e mais difícil e claro onde a torcida vai mais ao delírio. Eles tem que dar uma volta com um cavalo de madeira, sem encostar o pé no chão. E sabe como? Balançando o cavalo, tipo uma cadeira de balanço. Quando eles conseguiram pegar o ritmo, era tarde demais.
                                             
Acho que uma das principais coisas que estou aprendendo aqui é isso. Não ter vergonha de fazer essas coisas. No final das contas, eles não ligam se vão ser ridículos ou se todo mundo vai ficar olhando para você. Eles tem como objetivo simplesmente a diversão saudável! Talvez seja esse o segredo de terem uma qualidade de vida tão boa!
               

PS: Outro dia conheci o campeão mundial de imitação de porco, mas isso fica para um outro post.
            
PS2: A Suíça tem campeonato mundial de tudo!


Bernardo Ferreira, especial para A Saga de Valente

8 comentários:

B disse...

Ja que nao esta ligando para o dinheiro, podia me pagar o salario, alem da passagem para a Europa, claro!

PC disse...

A ligação está muito ruim, B.
Não deu pra ouvir quase nada.
Só entendi Europa. É isto mesmo. Continua trabalhando aí na Europa, câmbio.

Carol disse...

Adorei!

PC disse...

É o padrão dos correspondentes internacionais dest'A Saga, Carol

Anacris disse...

A Saga é cult, manooo!

PC disse...

Agora estou enlouquecido, querendo fazer um evento destes em Cachoeira da Prata, AnaC.
Te aviso, mana.

Márcia disse...

Adorei!!!! Vou copiar.
Mas vc paga muito mal heim Cesão, coitado do menino!!!

PC disse...

Eu que mantenho o menino na Europa, Márcia...
Ele já andou reclamando. Mas deve ser influencia de sindicato europeu, eu acho