sexta-feira, 30 de abril de 2010

Edição Extraordinária - 11

  Com o comentário da Adriana, no post anterior, me lembrei deste quadrinho do Laerte, que eu sempre trabalhava com meus alunos.

Em produção, bacana, você tem que ter uma confiança extrema no povo que está com você, a ponto de nem se preocupar se o que lhe está sendo pedido é ou não é absurdo, por mais desconexo que pareça.

E que, na hora acertada, todo mundo confia em você e sabe que tudo vai estar lá, conforme previsto.

Adoro a frase final:  Produção produz.

Sem uma gota de autoritarismo, este quadrinho virou quase religião pra mim e pra quem trabalha ou já trabalhou comigo. 

É pura cooperação.

6 comentários:

Renata Feldman disse...

E dá-lhe adrenalina pra tudo sair conforme o figurino! É trabalho que não acaba mais!...
Abração!

PC disse...

Sem perguntar, Renata.
Só produzindo...
Mais beijo

Adriana disse...

Momento egocêntrico:
Adorei ter inspirado um post...

Obrigada!

PC disse...

Momento narcísico.
Se eu fosse falar toda hora as coisas que me ocorrem por sua causa, Rodrigo e Bernardo iam se roer de inveja...

lina disse...

é de adoecer!!! crise,surto, cortisona no fim de cada produção.Não posso com stress oxidativo deste trabalho barra lúcifer mas o INSS acha que estou ótima.

PC disse...

Produz, Lina, produz.
E pára de pensar bobagem.
Produz, anda...
E fala pro INSS não pedir minha opinião.
Vou falar que você está um ishpetáculo!!!