sexta-feira, 9 de abril de 2010

0 x 0 - 60




Desde que eu comecei a meditar com Cecília, minha bruxinha boa, o que mais tem me fascinado é o exercício do perdão.  Marcos, marido dela, acha que é a coisa mais difícil pra ele também.

Aí mistura tudo.  Entra arrogância, entra orgulho, entra a nata do que eu tenho de pior.  Herdei da mamãe, eu acho.  Ela fala que não guarda mágoa nunca.  Só tem uma boa memória...

Carol do Diogo fala que eu sou melindroso.  Qualquer coisa, eu fico com a cara mais amarrada do mundo.  Diogo, ça va sans dire, racha...
Cecília fala que a gente sempre perde quando fica carregando mágoa.  Quem eventualmente nos magoou, sem querer ou expresso, já fez e acabou.  E a gente ali, aquela coisa embrulhando o estômago por um longo tempo ainda.

O pior é que é com todo mundo.  Uma vez Du, meu lord, foi sacaneado por uma pessoa de nossas relações.  O cara, claro, caiu na minha lista negra.
Depois de um tempo, Du se acertou e fez as pazes com ele.  Eu, neca de pitibiriba.  Continuei com minha bazuca mirando na direção do cara.
Tem hora que eu penso que meu câncer nasceu aproveitando isto...

Gêisa, por outro lado, começa todo jogo no 0x0.  O que aconteceu lá atrás já acabou.  Eu lá, maior azedo, e ela derramando mel, tentando me estimular a começar do zero.
A gente fica igual o Valente com a Aletha.  Ela, toda doce, eu mastigando o maxilar, pisando duro, brigado com o mundo.

Cecília está me ensinando a trabalhar com isto.  Acho que vai demorar um tempo.  Não deve ser fácil demolir convicção construída ao longo de 58 anos.  Mas eu ando exercitando como um atleta em véspera de olimpíada.

Tem hora que eu me pego brigado com a Gêisa e ela me pergunta:
-  Vamos lá.  O que houve?
E aí é o maior vexame.  Já esqueci o motivo da mágoa mas ainda estou brigado.

Fala sério.  Ainda bem que Gêisa é generosa.
De outra maneira, eu não durava muito, durava?


  

16 comentários:

Anônimo disse...

quando comecei meu tratamento, meu médico Dr Helion Póvoa me disse vamos meditar!!10 anos depois comecei meditar e acho dificílimo!!

Anônimo disse...

Sou eu Lina.Meditar então é importantíssimo para a saúde fabricando serotonina e melatonina!!!

Adriana disse...

Acho que está indo bem...
Já é uma grande coisa o simples fato de querer dar continuidade a esse processo. Longo processo...

Beijos

Luli disse...

Putz! To pensando aqui. Eu completaria mais fácil uma maratona!
Vou dar um ctrl c/ctrl v neste post. Vai me ser útil.
Grande beijo e sempre na sua cola,
Luiza

PC disse...

Meu caro anônimo. Fácil é só ficar doente.
Você já quer começar que nem Budha, meu nego.
Repara que, depois que consegue, é fácil...

PC disse...

Minha bruxinha fala que meu humor é minha fábrica de serotonina.
Ainda bem, Lina.
Beijos

PS: pra quem não sabe, eu era doido com esta mulher, quando tinha 13 anos

PC disse...

Bota longo nisto, Adríola.
E o nosso primeiro anônimo já conseguiu em 10 anos e reclama.
Orafaçameofavor...

PC disse...

A sorte sua é que você tem um mega preparo físico, Luli.
Já eu, com estes meus quilinhos a mais, é um sofrimento.

PS: pra quem não sabe, eu sou doido com esta mulher, desde quando eu fiz 50.

Deve ser coisa de família...

Gil disse...

Já ví muita coisa incrível na minha vida: filho nascer, por do sol no mar no Brasil, vaca e cadela parir, e tantas outras... mas uma confissão dessas foi incrível!!! parabéns PC, sinal que você está no caminho da alta do terapeuta!!! ou será baixa?

PC disse...

Minha analista me considerou caso perdido, Gil.
Quando eu achei que era alta, ela disse que eu era inimputável.

Daniel Pittella disse...

Eu, quando fico nervoso, encho minha mulher de porrada e tudo fica melhor.

PC disse...

Você não é doido, Danny.
Outra igual a ela você não arruma.
Nem eu...

Dênio Mágno disse...

A meditação ajuda, e muito, por a gente no controle da situação (ou da nossa mente). A algum tempo, estudo a filosofia budista e a menos tempo, procuro fazer a meditação cristã. Quando a doideira começa a acontecer - essa ira contra tudo e contra todos - respiro fundo e medito por alguns minutos. Isso ajuda muito. No entanto, acredito que devemos manter a ira santa e não cairmos na complascencia total, se não o mundo não muda. Esse assunto dá panho para todas as fantasias da Mangueira em 2011.

PC disse...

Você me deu um livro do Dalai Lama uma vez, Dênio.
A ira santa é extremamente bem vinda.
O que me enlouquece é a outra.

Beijos

redatozim disse...

Eu esqueço tudo de quem amo e guardo mágoa de quem não me apetece (ou não conheço).

Sabe o lance do "aos amigos tudo"? Pois é.

Mas a gente muda, PC, e quando percebe já tá perdoando até apalpadela em muvuca.

PC disse...

Quem não me apetece, nem existe.
Eu tenho é que aprender a não ligar quando fico magoado com quem amo.
O mais doido é que quando eu falo com a pessoa, ela nem lembra.
E eu lá, remoendo, como um boizão feio, da boca preta...
Mas um dia eu chego lá.